Lola, de Éramos Seis
Lola, de Éramos Seis (Reprodução)

A Globo segue tomando medidas para alavancar a audiência de Éramos Seis em seus fins de tarde. Agora, de acordo com informações do portal NaTelinha, mais uma alteração está sendo providenciada pela autora Ângela Chaves, roteirista desta nova versão, a fim de aumentar a aceitação da saga perante o público moderno.

Essa novidade diz respeito diretamente à vida amorosa da protagonista, Lola (Glória Pires). Viúva desde a perda do marido, Júlio (Antonio Calloni), ela vai engatar um romance com Afonso (Cássio Gabus Mendes). A formação deste casal já estava prevista na sinopse, mas, inicialmente, iria acontecer somente lá pela metade da história. Foi, portanto, antecipada.

A decisão de fazer Lola e Afonso se envolverem antes do previsto foi tomada em virtude dos resultados do último grupo de discussão de Éramos Seis. Foi detectado ali que parte dos espectadores anda algo descontente com o tom melancólico da narrativa, ansiando por uma virada de Lola rumo à felicidade.

Não é de hoje que a Globo vem providenciando mudanças para tentar melhorar a acolhida de sua atual trama das seis junto ao grande público. O troca da submissão constante de Lola por um perfil mais ‘empoderado’ e a rebeldia mais acentuada de Alfredo (Nicolas Prattes) são alguns dos ajustes que já vêm sendo realizados.