Benjamin Back em chamada do Jogo Sagrado
Benjamin Back: jornalista é a maior estrela do Fox Sports (Reprodução/Fox Sports)

Fala que já é admitida pelo mais alto executivo do Fox Sports, a fusão da emissora esportiva com a ESPN nunca esteve tão próxima da realidade. O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) anunciou que vai rever o negócio e em discurso para os seus funcionários logo após a notícia, Eduardo Zebini, comandante da emissora, disse que a fusão só depende da aprovação do Cade. Mas se isso de fato ocorrer, o que acontece com o Fox Sports?

São muitas as perguntas. Afinal, hoje, o Fox Sports é o segundo canal esportivo mais visto no país e líder de audiência em muitos horários. O que acontece com os profissionais? E com os direitos de transmissão dos eventos, como a Copa Libertadores da América? E com a emissora?

O Observatório da Televisão apurou todas estas questões durante toda esta última quarta-feira (14), e, dentro da realidade atual do negócio, tenta trazer respostas para as dúvidas de muitas fãs (e outros nem tão fãs assim) dos canais Fox Sports.

O Fox Sports vai acabar?

Segundo apurou a reportagem, a Disney sempre teve planos de aumentar o valor de suas marcas. Como se sabe, a ESPN é uma marca mundial da companhia. Quando se falou pela primeira vez na possibilidade de fusão entre os dois canais nos bastidores, a certeza sempre foi uma: a Disney vai privilegiar a ESPN. Ou seja, se a fusão de fato passar pelo aval do Cade, como quer a Disney, o Fox Sports deverá ser descontinuado. Essa discussão só ocorrerá ano que vem, em 2020.

Fox Sports Rádio, principal programa do Fox Sports: emissora investe antes de ser vendida (Divulgação/Fox Sports)
Fox Sports Rádio, principal programa do Fox Sports: Disney não consegue vender emissora e negócio será revisado pelo Cade (Divulgação/Fox Sports)

Se o Fox Sports for descontinuado com a fusão, o que ocorre com seus profissionais?

A intenção da Disney com a fusão é dar um “up” na ESPN. Não irão acontecer tantas demissões como ocorreria se o Fox Sports fechasse totalmente, mas elas acontecerão sim. A ideia da Disney é aproveitar os melhores profissionais de ambos os lados. E os melhores direitos de transmissão.

E a Libertadores, como fica?

Caso o Cade aprove a fusão como a Disney quer e como o Fox Sports já admite internamente que deverá ocorrer, os direitos de transmissão que eram do Fox Sports passam a ser da Disney. E isso inclui justamente a Libertadores. Ou seja, Libertadores na ESPN é uma possibilidade bastante real.

Quando essa fusão deve ocorrer?

Ainda é impreciso dizer isso porque depende-se da revisão da operação da compra da Fox pela Disney. Por mais que o Fox Sports já trabalhe com essa ideia internamente, uma data exata é impossível de cravar. No entanto, o fato é que essa novela não se resolve este ano. Apenas no ano que vem. Ainda existem muitos capítulos para serem produzidos.