Marcelo de Carvalho
Marcelo de Carvalho, vice-presidente da RedeTV!(Reprodução/Youtube)

No fim da tarde desta terça-feira (29), os funcionários da RedeTV! foram surpreendidos com um comunicado que informava a troca de plano de saúde dos seus contratados. A emissora de Osasco saiu da Sul-America e agora é parceira da Amil. No entanto, o modelo de contrato do plano é que revoltou a todos. Agora, a emissora oferece plano no sistema de coparticipação.

Segundo apurou o Observatório da Televisão, tal modelo fará com que cada funcionário, além de pagar a mensalidade que já é descontada do salário, pague 20% do valor de cada consulta feita com um profissional disponibilizado pelo tal plano.

Ou seja, se uma consulta for no valor de R$ 100, o funcionário terá que tirar do próprio bolso R$ 20. O antigo plano da emissora cobria todo o valor e o funcionário não precisava pagar a mais. O fato assustou porque muitos contratados têm dependentes no plano, o que faria o gasto com saúde ser muito grande daqui pra frente.

A mudança do tal plano não havia sido avisada pela RedeTV!. Segundo funcionários ouvidos, pela reportagem, tal mudança ocorre em retaliação ao estado de greve que ainda está ocorrendo na emissora. É também uma das medidas que uma empresa de consultoria sugeriu pela RedeTV! para diminuir seus gastos.

Na semana passada, a RedeTV! tentou retirar as horas extras por lei, que faria os salários de profissionais caírem em até 40% e a produção ser dificultada. A decisão foi revogada pela própria direção da emissora após uma repercussão ruim na imprensa e a possiblidade dada pelos funcionários de paralisar todo o trabalho.

No entanto, a RedeTV!, naquela ocasião, disse que ainda estava “buscando alternativas visando sua necessária reestruturação financeira, essencial para adequação às atuais condições de mercado”. Uma dessas alternativas foi a troca do tal plano de saúde.

RedeTV! diz que “continua provendo um plano de saúde de primeira linha” para funcionários

Procurada oficialmente pela reportagem do Observatório da Televisão sobre a mudança nos planos de saúde dos funcionários, a RedeTV! fez apenas o seguinte comentário: “A empresa se preocupa com a saúde dos colaboradores e continua provendo um plano de saúde de primeira linha”.