Cris (Vitória Strada) e Alain (João Vicente de Castro) em Espelho da Vida
Cris (Vitória Strada) e Alain (João Vicente de Castro) em Espelho da Vida (Reprodução/TV Globo).

Em Espelho da Vida, na Globo, Cris (Vitória Strada) ainda não entendeu a experiência que teve. A jovem foi ao passado e viu como Júlia, a moça com quem está sendo confundida, vivia. Ao retornar, ela não soube dizer se, de fato, viajou para outra dimensão espiritual ou se sonhou com tudo. Sem dizer os detalhes para Alain (João Vicente de Castro), ela decidirá que vai ao médico para ver se tem um tumor ou coágulo, que podem estar provocando essas viagens. Confira.

“Não entendo como você pode ser tão frio com uma criança”, reclamará Cris, se referindo a Priscila. “Você conhece minhas razões”, afirmará Alain, sem dizer o nome de Isabel. “A Priscila é um doce, não tem culpa de nada”.

Veja também: Edméia tenta convencer Isabel de que sua bruxaria não é para o mal

“Não muda de assunto. Por que a Margot não queria que eu visse a bala de ouro? Trancou a sete chaves, inclusive”. “Deixa a Margot em paz, Alain… se alguém falhou neste caso fui eu. Nem todo mundo é perfeito como você”. “Você agora tá jogando baixo, não é por aí”.

Cris fala de ir ao médico

“Tá, eu sei… desculpa. Tou cansada… frustrada”, recuará Cris. “Mas amanhã eu converso com a Margot… só pra ela saber que tou atento. Vem cá… hoje o dia foi puxado, também tou cansado. Passou aquela sensação de tontura?”, perguntará. “Passou… mas estou meio cismada, marquei uma consulta com o doutor Dalton amanhã”.

“Uma consulta?… tá sentindo mais alguma coisa?”. “Desde o acidente… aquele troço que caiu na minha cabeça… às vezes fico meio zonza. Quero ver se não formou algum coágulo, um tumor…”. “Cris… não, meu amor… não tem nada disso, não conhecia esse seu lado hipocondríaco! Na época do acidente o Dalton falou que você ia ficar bem”.

“Eu vou a essa consulta, Alain, estou decidida”. “Tá bom… não precisa brigar comigo, calma. Eu vou com você no Dalton… mas tenho certeza que não tem nada. Vem cá, vem…”. “Só me abraça… tudo que eu… o tombo que eu levei, a vinda do Américo… foi complicado”.

“O Américo pelo menos voltou pro Rio”. “Se minha mãe souber que ele esteve aqui vai ficar tão preocupada… não vou falar nada pra ela”. “Aqui entre nós… do fundo do coração… você acha que ele está sendo sincero? Que ele quer realmente resgatar o relacionamento com você? Uma vez você disse que sentia pena dele… um sentimento de ter perdido alguma coisa”. “Ai, Alain… não faz pergunta difícil… não agora… vou tomar um banho.. é tudo que eu preciso, estou exausta”, concluirá Cris.