Mamma Bruschetta e Catia Fonseca
Mamma Bruschetta e Catia Fonseca (Reprodução/Youtube)

Após anos de parceria no Mulheres, da TV Gazeta, Mamma Bruschetta foi para o SBT comandar o Fofocalizando e Catia Fonseca assinou com a Band e apresenta desde o início do ano o Melhor da Tarde.

Leia: Garrafa explode ao vivo no Melhor da Tarde e assusta Catia Fonseca

Nesta segunda-feira (27), Catia inesperadamente compartilhou no TV Catia Fonseca, canal que comanda no Youtube, uma entrevista realizada com Mamma. A famosa respondeu várias perguntas feitas pela comunicadora.

Saiba mais: Catia Fonseca conta resposta que deu para internauta que disse que o programa dela é um porre

Bruschetta revelou surpreendentemente que anda ouvindo funk, que é muito fã de Roberto Carlos e que sofreu uma queda no banheiro da sua casa que teve que contar com a ajuda de bombeiros para conseguir ser levantada.

Assista:

“Ainda não tem o hábito das pessoas assistirem”, diz Catia Fonseca sobre o Melhor da Tarde

Responsável por comandar desde março o Melhor da Tarde, Catia Fonseca foi entrevistada no Pingue-Pongue com Bonfá, canal do Youtube comandado pelo jornalista Marcelo Bonfá, e falou sobre a atração que apresenta na Band.

Questionada sobre o nome do programa, a comunicadora explicou que não significa que o formato seja melhor que os outros do horário. “É o nosso melhor dessa tarde. A gente vai fazer o nosso melhor. Claro que a concorrência conta, e a gente quer ganhar ponto a cada dia e a gente ainda não tem o hábito das pessoas assistirem, porque não tinha um programa desse segmento a tarde na Band. Então a gente está criando o hábito e conquistando esse público”, declarou a famosa.

Ao ser indagada sobre quem seria melhor, ela, Ana Maria Braga ou Fátima Bernardes, Catia escolheu a apresentadora do Mais Você. “Eu sou fã da Ana. Adoro ela, quero conhecer por sinal. Sabe o que eu acho legal? Eu acompanho ela desde quando ela começou, e a gente vê a evolução dela. E acho que isso mais me fascina na Ana Maria. Ela vai se reciclando, ela não tem medo de se reciclar. Ela vai se adequando a necessidade de quem assiste ela”, elogiou, enfim, Fonseca.