Foi realizado na última quinta-feira (6), na OAB do Rio de Janeiro, o lançamento do livro “Argumentação Defensiva – Teses de defesa no Direito Penal” do Professor Sandro Caldeira. Conhecido por suas paródias, o professor tem investido cada vez mais na sua carreira, dando aulas para os alunos que fazem cursos de Direitos em universidades, e não só na faculdade, mas em cursinhos e vestibulares. Ele canta e faz sucesso em fazer paródias com músicas famosas baseadas nas matérias que ele ensina em suas aulas. O novo método de ensino, saiu das salas de aula e conquistou até uma cantora, ela é a ex-funkeira Perlla, que hoje leva uma carreira gospel, mas seu hit que a lançou no ano de 2006 foi o “Tremendo Vacilão”, que ainda hoje faz muito sucesso. Perlla disse que ficou sabendo da sua paródia cantada pelo professor em sala de aula, graças ao seu fã clube, que logo em seguida, ela entrou em contato com o Sandro Caldeira e tiveram a ilustre ideia de criarem um clipe com a participação da Cantora. O clipe foi gravado e quase três meses depois, foi lançado no dia 06, na OAB – RJ, mas Perlla disse: “O meu intuito não é voltar a cantar as minhas antigas músicas, já passou” relatou sem vontade alguma de voltar.

Na Inauguração, o professor recebeu a imprensa e vários advogados e diretores da OAB, atendendo ao público com um coquetel e seu novo livro. Logo em seguida, por volta das 21h, divulgou seu novo clipe “Funk do ECA”, que só conseguiu produzir graças ao patrocínio da “Casa do Concurseiro” que realizou o sonho do professor. Perlla, não pode estar presente na inauguração devido a um compromisso já marcado há tempos, que ela já estava tentando cancelar, mas não foi possível, mas o professor agradeceu-a pela sua solidariedade em ajudar os alunos de Direito com essa paródia, a sua preocupação e o carinho.

Em uma entrevista exclusiva para o Observatório da Televisão, o professor Sandro relatou:

1- Professor, como e quando foi que você teve a iniciativa de fazer paródias em músicas famosas baseadas em matérias do curso de Direito?
“Quando estudava para concurso, via como era cansativo assistir muitas aulas e ter aquela quantidade enorme de assuntos para ler. E como a rotina de estudos era pesada, eu imaginava que se eu fosse o Professor iria tornar a aula mais leve e divertida. Então, quando comecei a dar aula em cursinhos para OAB e concursos há 9 anos, passei a experimentar formas de estimular os alunos nos estudos e uma delas foi transformar músicas conhecidas em paródias para ajudar na memorização. A experiência em sala de aula foi tão boa que a partir daí não parei mais. Foi o início do ‘Jeito Legal de estudar Direto’. A primeira paródia foi o Funk do ECA/ Estatuto da Criança e do Adolescente. Peguei a música tremendo vacilão, cantada pela Perlla, e foi um sucesso nas turmas. Depois fui fazendo outras, fiz paródias para todos os gostos, do Funk ao forró.”

2 – Qual foi a paródia mais famosa que você já fez? É difícil produzir paródias?
“A que é o meu xodó e a mais querida pelas turmas é o Funk do ECA. Não acho difícil fazer paródias não! Também sou músico então isso acaba facilitando. O importante é escolher temas relevantes que costumam cair muito nas provas. O resto flui…”

3- Recentemente, você acabou de lançar um clipe chamado Funk do ECA, com a Cantora Perlla, como foi pra você esse novo passo na sua carreira?
“Acho importante levar a educação através da música para a maior quantidade de pessoas possível. Essa parceria com a Perlla teve esse resultado positivo: fez com que mais pessoas tivessem contato com o Direito Penal, e com isso passaram a conhecer o meu trabalho.”

4- Como você entrou em contato com a Perlla para começar essa parceria?
“Eu fui em um programa de TV na Globo – Encontro com Fátima Bernardes, e lá cantei o Funk do ECA. Com isso o fã-clube da Perlla viu e a avisou. Nesse mesmo dia ela entrou em contato comigo por uma das minhas redes sociais parabenizando pelo trabalho. Daí aproveitei o contato e a convidei para esse projeto, e ela topou na hora! Ficou muito empolgada em poder dar mais esse sentido pra música: estimular o aprendizado.”

5- Pretende lançar mais clipes e paródias ?
“A ideia é essa. Já estamos em contato com outros cantores que estão muito animados em poder contribuir com a educação através de música. Vem coisas boas… muitas novidades por aí!”

6- Como foi pra você a inauguração do seu livro “Argumentação Defensiva” e o lançamento do clipe “Funk do ECA” na OAB no Rio de Janeiro ?
“O lançamento do livro ‘Argumentação Defensiva- Teses e defesa no Direito Penal’ faz parte do ‘Jeito legal de estudar Direito’, e é voltado para estudantes da OAB e concurseiros em geral, trazendo jurisprudência atualizada sobre o assunto com uma abordagem leve. O Lançamento desse novo clipe foi incrível. A energia que ele passa é uma energia que qualquer um que assista vai ficar animado pra estudar e querer saber mais sobre o tema. Para quem já conhece o assunto, a paródia serve para rever os principais temas, e quem não conhece passa a querer saber sobre o assunto. É estimulante! Mas esse projeto não seria possível sem a parceria com a Casa do Concurseiro, onde dou aula. Eles acreditaram nessa forma diferente de Estudar Direito e abraçaram a ideia.”

7- O que é o Jeito Legal de Estudar Direito?
“É uma forma leve e divertida de Estudar! Utilizo paródias, charges jurídicas, clipes jurídicos. Além disso, tenho um programa no meu canal do youtube (Sandro caldeira) chamado Cozinhando legal, onde ensino aos concurseiros receitas com alimentos que ajudam na memória, no bem estar, sob a supervisão da minha parceira a nutróloga Dra. Suzana Lessa. São receitas simples e fáceis e fazer. Faz parte também do Projeto o Lifestyle, que é outro programa que fala do sobre o estilo de vida do concurseiro, com dicas de atividade física que auxiliam no bem estar e dão mais disposição, sob a supervisão de um personal, o parceiro Raphael Neves. Além disso o lifestyle, com dicas de estilo do consultor de moda Ale Polli. Acreditamos que tudo isso junto fecha o ciclo da aprovação do concurseiro, que precisa estar em dia com os estudos, com a alimentação, com o corpo e com o espelho. E tudo isso é feito pensando nos alunos, na batalha diária desses guerreiros incansáveis que lutam pela aprovação na OAB e nos concursos públicos. Isso faz todo o esforço valer. Esse é o Jeito Legal de Estudar Direito.”

Veja o clipe:

Por Gabriel da Rocha
Email: bielrochatv@gmail.com
Instagram: @bielrochatv