Gugu no último episódio do Canta Comigo
Gugu no último episódio do Canta Comigo (Divulgação/ Record TV)

É bem provável que o campeão da temporada 2019 do Canta Comigo não chegue a alcançar a fama. Porém, a competição de cantores da Record TV acabou servindo como uma bonita despedida do já saudoso Gugu Liberato de seu público. O apresentador, que faleceu há duas semanas, estava feliz em cena na atração, que gozava de uma suntuosa produção. Não por acaso, o próprio apresentador revelou em entrevista recente que o programa era seu atual “xodó”.

Na verdade, Canta Comigo é apenas uma pequena passagem dentro de uma história grandiosa de Gugu na TV brasileira. Seu crescimento dentro do SBT, sobretudo à frente dos programas Viva a Noite e Domingo Legal, é que forma o capítulo mais importante da história do animador. Porém, se em sua passagem pela Record Gugu não chegou a recuperar o brilho de outrora, é inegável que ele esteve à frente de bons produtos na emissora. E o Canta Comigo foi o grande destaque desta última fase da carreira do animador.

Afinal, Canta Comigo é um programa muito bem produzido. Cenários grandiosos, jogo de luzes que enche a tela e o incrível “paredão” com 100 jurados fazem da atração algo espetacular, visualmente, para quem assiste. Além disso, bons cantores e um júri que unia figuras das mais variadas vertentes garantia a diversão. Claro, não era o Domingo Legal, nem o Programa do Gugu. Mas era um programa bem mais interessante que a fase final do semanal que o apresentador comandava anteriormente.

Alma

Em meio a toda esta estrutura, Gugu surgiu animado em cena. Com seu habitual domínio de palco, promovia uma interação vibrante entre candidatos, júri e plateia. Mesmo à frente de um formato importado, Gugu nunca abandonou sua verve de animador e conseguiu manter esta característica, imprimindo alma ao formato que poderia ser excessivamente engessado.

Uma pena que Canta Comigo sofreu com a estratégia equivocada da Record, que promove um excesso de reality shows em sua programação. Assim, o musical teve uma trajetória modesta em se tratando de audiência, embora tenha sido um programa com muitas qualidades. Mesmo assim, é confortante Gugu ter podido se despedir de seu público diante de sua plateia. Saiu de cena brilhando, assim como entrou. Deixa saudades.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.