Amadeu e Maria da Paz, de A Dona do Pedaço
Amadeu e Maria da Paz, de A Dona do Pedaço (Reprodução)

A Dona do Pedaço chegou ao fim na última sexta-feira (22) como mais um grande sucesso do horário nobre da Rede Globo. O folhetim estrelado por Juliana Paes, Reynaldo Gianecchini e Marcos Palmeira garantiu seu lugar entre as maiores médias da faixa das 21h em toda a década.

No ar desde 20 de maio, a saga criada e escrita por Walcyr Carrasco saiu de cena com média geral de 35,9 pontos – acima das duas últimas tramas da faixa, a fracassada O Sétimo Guardião (28,8) e a mediana Segundo Sol (33,4).

Ficou atrás de O Outro Lado do Paraíso (38,2), do mesmo autor, e empatou tecnicamente com Amor à Vida (36), que marcou a estreia de Carrasco no horário nobre. Superou, porém, todas as demais novelas exibidas às 9 da noite depois do fenômeno Avenida Brasil (39). A saber: Salve Jorge (34), Em Família (29,7), Império (32,7), A Regra do Jogo (28,5), Babilônia (25,4), Velho Chico (29), A Lei do Amor (27,2) e até mesmo a elogiada – e bem sucedida – A Força do Querer (35,7).